6 - E o que realmente é o Solário?

Os Solários, ou câmaras de bronzeamento, são aparelhos que emitem radiação UV, para dessa forma induzir o aumento de produção da melanina. Possuem de diversos programas adequados aos diferentes tipos de pele e um temporizador de tempo, que faz com se desligue no tempo certo, evitando a ocorrência de queimaduras por eventual distração do ato de desligar.

Estas câmaras de bronzeamento, emitem uma irradiação invisível que bronzeia a pele e que é muito semelhante à radiação ultravioleta proveniente do Sol. As diferenças devem-se, por um lado, à possibilidade de variações de intensidade dos raios ultravioletas (UV) e por outro, às diversas relações de mistura entre irradiação UV-A e UV-B. Estes dois tipos de radiações têm ações diferentes. Com a irradiação UV-A, o bronzeamento é mais superficial, desaparecendo pouco tempo depois, com a luz UV-B, obtém-se um bronzeado mais duradouro. Contudo, o efeito da irradiação UV-B só é visível alguns dias depois da visita ao Solário. Deste modo, para conseguir a intensidade de bronzeado pretendido, ao escolher um Solário tem de ter em conta a técnica utilizada nas suas câmaras de bronzeamento.

Para cada tipo de pele é usada uma determinada dose de raios UV e um tempo de tratamento específico, por isso antes de se submeter a uma sessão de Solário deve ser feito uma análise ao seu tipo de pele, fugindo assim a riscos desnecessários. Quanto mais clara é a cor da pele menor é o tempo de proteção natural da mesma aos raios ultra violetas, logo a intensidade do Solário e o tempo da sessão deve ser adequado.

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates